Pular para o conteúdo principal

DESTAQUE:

Setembro Amarelo é mais do que uma campanha

 Oi oi pessoas, como vocês estão? Essa semana é a minha estreia aqui no blog e vou conversar com vocês sobre saúde mental, bem-estar e autoconhecimento. E já que estamos no mês de Setembro acredito que é importante falarmos do Setembro Amarelo. Você já ouviu algo sobre isso?  Como começou a campanha Setembro Amarelo? Em 1994, um jovem americano de 17 anos, chamado Mike Emme, tirou a própria vida dirigindo seu carro amarelo. Comovidos com a situação, seus amigos e familiares distribuíram no seu funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem passando o mesmo desespero de Mike, e a mensagem foi espalhada mundo afora e chegou no Brasil.  Aqui no Brasil a campanha Setembro Amarelo foi criada a fim de informar a população e prevenir o suicídio. Afinal de contas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa tira a própria vida em algum lugar do planeta, e o suicídio é a segunda principal causa de morte em jovens com idades en

Special: Inclusão Social, Quebra de Estereótipos e Humor

Olá menines, tudo bem? Hoje é dia de preparar aquele balde de pipoca e maratonar séries, e pra te ajudar a saber o que assistir, a mamãe aqui sempre tem as melhores dicas. Hoje é a vez de Special, uma série incrível da Netflix, que só tem uma temporada e você assiste rapidinho, tanto por serem episódios curtos e leves, quanto por ser divertida e super cativante.

Special: Inclusão Social, Quebra de Estereótipos e Humor
Ryan O'Connel é Ryan Hayes em Special. Imagem: Reprodução Netflix.

Sinopse de "Special"

Special conta a história de Ryan, um jovem homossexual e que tem paralisia cerebral, e é baseada na vida do próprio ator protagonista, Ryan O'Connel, e seu livro I'm Special: And Other Lies We Tell Ourselves (Eu Sou Especial: E Outras Mentiras Que Dizemos A Nós Mesmos). Tudo começa quando Ryan, que mora ainda com sua mãe, Karen, começa num emprego novo como redator, e para se adequar ao novo ritmo de trabalho e se enturmar com os amigos, tenta esconder o fato de ter paralisia cerebral. Até o momento em que, devido a alguns pequenos acidentes, fica impossível disfarçar, e então ele diz que sofre alguns problemas que são sequelas de um atropelamento.

Ryan fica muito amigo de Kim (Punam Patel), seus artigos começam a ter um número altíssimo de acessos, ele conquista a simpatia e reconhecimento de seus colegas de trabalho, passa a se envolver amorosamente com um rapaz, e vai morar sozinho. Porém, com tantas cosias acontecendo ao mesmo tempo, ele percebe que nem tudo sai como planejado e que viver uma "vida de adulto" independente pode ser mais difícil do que ele imaginava, especialmente, pelo fato de ele ter suas limitações.

Resenha: Porque Assistir Special?

Além, é claro, de a série abordar um assunto super importante de inclusão social (já assistiu Atypical? Clique aqui!) e de quebrar preconceitos, Special trata de uma forma leve e muito bem-humorada um assunto sério e que ainda traz muitos tabus. Quer mais um motivo: um dos produtores da série é ninguém menos do que o incrível Jim Parsons! Sim, ele mesmo, o nosso querido e único Sheldon Cooper, e se você assistiu Young Sheldon (que eu também AMO!), vai perceber muita semelhança no humor, nos diálogos e até na produção visual.


Resumindo: o enredo é baseado em fatos da vida do protagonista, produzida por um dos atores/produtores mais talentosos (e bem pagos) da atualidade, trata de assuntos sérios com muita doçura. Está esperando O QUÊ pra começar a assistir já?

Informações:

Episódios: são oito episódios de cerca de vinte minutos
Ano: 2019
Classificação Etária: 16 anos.
__


 Quem sou eu?

Oi! Eu sou Kátia Malagodi, criadora do DMF, publicitária, modelo, vegetariana, apaixonada por moda sem regras, beleza sem crueldade, livros e música. Criei o blog DMF em 2016 pra compartilhar algumas ideias, e de lá pra cá aprendi muito e me apaixono cada vez mais pelo que faço! Me siga no Instagram @katiamalagodi pra acompanhar mais dicas e conhecer um pouco da minha rotina sem rotina, e siga o @docemaldadefeminina também pra acompanhar dicas exclusivas do Insta! Te encontro por lá!

Comentários