Pular para o conteúdo principal

DESTAQUE:

Setembro Amarelo é mais do que uma campanha

 Oi oi pessoas, como vocês estão? Essa semana é a minha estreia aqui no blog e vou conversar com vocês sobre saúde mental, bem-estar e autoconhecimento. E já que estamos no mês de Setembro acredito que é importante falarmos do Setembro Amarelo. Você já ouviu algo sobre isso?  Como começou a campanha Setembro Amarelo? Em 1994, um jovem americano de 17 anos, chamado Mike Emme, tirou a própria vida dirigindo seu carro amarelo. Comovidos com a situação, seus amigos e familiares distribuíram no seu funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem passando o mesmo desespero de Mike, e a mensagem foi espalhada mundo afora e chegou no Brasil.  Aqui no Brasil a campanha Setembro Amarelo foi criada a fim de informar a população e prevenir o suicídio. Afinal de contas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa tira a própria vida em algum lugar do planeta, e o suicídio é a segunda principal causa de morte em jovens com idades en

História De Um Casamento - Resenha

Olá menines, tudo bem? Hoje tem resenha de filme por aqui, dessa vez, um pouco diferente dos gêneros que eu estou acostumada a assistir, mas que eu gostei muito. Hoje vou falar sobre "História De Um Casamento", drama lançado na Netflix recentemente, com a diva Scarlett Johansson e o lindo do Adam Driver.

História De Um Casamento - Crítica- a imagem exibe a atriz Scarllet Johanson, o ator Adam David e o atriz mirim Azhy Robertson
Imagem: Reprodução Netflix.

História De Um Casamento - Sinopse

Para quem espera que História De Um Casamento traga uma história bonita sobre separação, sinto muito em informar, a trama é realista e dura. Charlie (Adam Driver) é diretor cênico e Nicole (Scarlett Johansson) é atriz, tendo os dois trabalhado juntos por anos. Ao enfrentarem uma crise  no casamento, os dois procuram chegar ao divórcio de forma amigável, porém ambos querem a guarda do filho, o que os leva a uma disputa na justiça que resulta em uma explosão de mágoas e assuntos não resolvidos.

História De Um Casamento - Resenha

É impossível não se emocionar com História De Um Casamento, pois se trata de um filme que traz uma visão extremamente realista sobre relacionamentos desgastados. Nicole não mede esforços para ficar com a guarda do filho, até que Charlie se veja sem muitas opções. A partir daí, o enredo passa a expor mais do íntimo do casal, com detalhes cruciais para entender o que levou o casamento ao fim. O filme consegue emocionar o espectador por trazer identificação tanto com Nicole, quanto com Charlie, de forma que seja impossível "escolher" um dos lados.

Charlie é um pai amoroso e preocupado, mas está sempre envolvido demais com o trabalho, o que o deixa um pouco ausente. Nicole é uma mãe carinhosa, brincalhona, mas deixa que suas mágoas por Charlie atrapalhem a forma como ela lida com a separação. É notável que ela se sente estagnada profissionalmente e ofuscada pelo talento de Charlie, que a coloca sempre em suas produções, mas não dá muita liberdade a ela como atriz, e isso reflete diretamente no relacionamento amoroso entre eles. Por outro lado, Charlie na posição de diretor cenográfico tem naturalmente uma maior autoridade, que ele exerce quase sempre sem perceber. Os dois vão convivendo entre mal-entendidos que acabam "minando" seu casamento. É mais um caso em que o casal escolhe não dizer o que sente um para o outro, até que seja tarde demais. 

Assistindo a História De Um Casamento, vemos um casal que se ama, que tem muito respeito um pelo outro, mas que não se gosta mais. Até conseguem entrar em um acordo, após muitas disputas, discussões e brigas, mas ainda é notável que os ressentimentos entre eles não foram superados.

Sobre a Produção de História De Um Casamento

Com cinco indicações ao Globo de Ouro e oito indicações ao Critic's Choice Awards, História De Um Casamento tem um enredo bem linear, apesar de ser emocionante, mas não chega a deixar o espectador "boquiaberto". Sobre o elenco, nem preciso dizer que a atuação é impecável, né? Porém, obviamente é muito bem produzido, com um trabalho de fotografia lindo, figurinos que atendem muito ao tom da história, e muita atenção aos detalhes. É o tipo de filme que faz o espectador imaginar-se lendo a história, por vezes, e isso eu particularmente acho incrível. Eu que dificilmente assisto filmes com essa temática, adorei e acho que é uma linda história.

Informações:

Duração: 2h e 16min
Classificação Etária: 14
Direção: Noah Baumbach
Gênero: Drama
__

 
Quem sou eu?

Oi! Eu sou Kátia Malagodi, criadora do DMF, publicitária, modelo, vegetariana, apaixonada por moda sem regras, beleza sem crueldade, livros e música. Criei o blog DMF em 2016 pra compartilhar algumas ideias, e de lá pra cá aprendi muito e me apaixono cada vez mais pelo que faço! Me siga no Instagram @katiamalagodi pra acompanhar mais dicas e conhecer um pouco da minha rotina sem rotina, e siga o @docemaldadefeminina também pra acompanhar dicas exclusivas do Insta! Te encontro por lá!
 

Comentários