Pular para o conteúdo principal

DESTAQUE:

Copie o Look: Atitude Pitty

Olá menines, tudo bem? Hoje é dia de copiar looks por aqui, e hoje é dia da nossa rainha feminista, milituda, gatíssima e diva rock and roll, nossa musa Pitty ! Imagens: Reprodução Instagram @looksdapitty Eu particularmente gosto do estilo da Pitty porque ela se veste de uma forma ousada, sempre procurando sair do óbvio, investe nas cores, estampas e modelagens diferentes, e a personalidade dela sempre está muito explícita na forma de se vestir. Além disso, ela veste marcas e lojas populares também, se você passar pelo Instagram @looksdapitty vai ver que tem Renner, Vizzano, Beira Rio, ou seja, amores, gente como a gente, né! O primeiro look tem uma pegada bem casual e ao mesmo tempo bem rocker, e super fácil de compor: shorts jeans básico, t-shirt estampada e sandália rasteira. Esse look é muito a minha cara: une conforto, atitude e praticidade e tem duas peças que eu nunca paro de usar, que são shorts jeans e camiseta, e pra mim, camiseta quanto maior, melhor, tant

The Parlor Mob

Hoje tem playlist nova, com uma banda que estou curtindo muito ultimamente, daquelas que dá vontade de escutar todos os dias mesmo: The Parlor Mob!

The Parlor Mob - banda de rock
Imagem: Reprodução.


De New jersey, o The Parlor Mob é formado por Mark Melicia nos vocais, Paul Ritchie na guitarra, Sam Bey nas baterias e Gianni Scalise no baixo, e os caras estão em atividade desde 2004. O The Parlor Mob toca rock experimental, mesclando influêncas dos anos 60 e 70, aquela pitada indie que a gente gosta e em algumas músicas dá pra sentir até um blues. A banda começou com o nome de 'What About Frank" com um som mais progressivo, e somente em 2006 mudaram o nome oficialmente para The Parlor Mob. No total, a banda tem os álbuns What About Frank? (2004), The Parlor Mob EP (2006), And You Were a Crow (2008), Dogs (2011), além dos EP's e singles Hard Times (2009), Into The Sun (2011), Cry Wolf (2015), 4th Of July e Setting With The Sun (2018).

Segura esse musicão:



Minha Opinião: The Parlor Mob


Bom, se a banda está na playlist do blog é porque no mínimo eu adoro! Mas o que mais gosto neles é que os caras têm um estilo deles mas conseguem tocar com muita versatilidade, nenhum álbum é igual ou parecido com o outro, eles realmente buscam novas referências a cada trabalho, mas é impressionante que mesmo tocando em estilos diferentes o trabalho deles fica impecável.




Eu amo a sonoridade do The Parlor Mob, eles têm músicas mais pesadas, mais dançantes, mais divertidas, tem músicas mais "chicletes" e outras mais contagiantes. O The Parlor Mob prova que de fato sabe fazer o bom rock, independentemente do estilo. E como eu sou a louca dos vocalistas, sim, eu sou apaixonada também pelo Mark Melicia porque a voz dele é sensacional, mas que fique claro que todos são igualmente super talentosos. Quero dar destaque às músicas Into The Sun, super contagiante e perfeita pra tocar nas festinhas, Can't Keep No Good Boy Down, com aquela pegada meio folk meio anos 70, Tide Of Tears que tem muita cara de blues e é uma delícia de som, The Kids, que gruda mais que chiclete no cabelo, When I Was An Orphan que é emocionante, Cross Our Hearts que faz você gritar junto, e se for falar mais vou acabar dando toda a playlist. Então agora assiste os vídeos dos caras e curte o som, e claro, salva essa playlist aí! Aumenta o volume e #tocarock!


Espero que tenha gostado da dica de hoje, e acompanhe o blog Doce Maldade Feminina também no Facebook para ficar por dentro de todas as playlists, além de dicas de filmes e séries, beleza, moda e muito mais! Me siga também no Instagram, sempre dou dicas por lá, principalmente das bandas que escuto! Se inscreva no meu canal no YouTube para me conhecer melhor e conversarmos sobre os mais diversos assuntos! Um beijão e até a próxima 😘

Comentários