Pular para o conteúdo principal

DESTAQUE:

Jeans Sustentável e Preços Acessíveis: É possível?

 Olá, menine! Tudo bem? No post de hoje vamos falar sobre jeans sustentáveis e qual é a importância de optarmos por peças com produção mais sustentável. Mas antes disso, quero deixar claro que: é impossível exercer uma produção ou consumo 100% sustentável, o que podemos (e devemos) fazer é nos conscientizar sobre a forma que consumimos e fazer as melhores escolhas possíveis. Quando eu falar, ao longo do texto, que são "jeans sustentáveis ou mais sustentáveis", entendemos que são produzidos com o menor impacto possível para o meio ambiente, mas ainda assim, é gerado um impacto.   Já falei aqui no blog sobre a importância de termos controle sobre o nosso consumo (clique aqui ) e recentemente sobre a diferença entre moda sustentável e a moda consciente , e como podemos exercer uma moda mais consciente, até que a sustentabilidade chegue ao alcance de todos (clique aqui para ver!). Hoje, as marcas com jeans mais sustentáveis que você vai ver neste post, são marcas conhecidas, que

Janis Joplin

Na Semana da Mulher no Doce Maldade Feminina não poderia faltar música! Afinal a música é a arte que move gerações, que eterniza artistas e bandas, que emociona, que diz coisas que não temos coragem, que diz coisas que precisamos ouvir. E claro, a playlist da semana é de uma das mulheres mais influentes do mundo do rock and roll e da música no mundo! Com sua voz inesquecível, inconfundível, imortal, hoje é o dia da Janis Joplin!

Janis Joplin


Janis nasceu em 19 de janeiro de 1943 em Los Angeles, desde cedo já mostrava interesse pelo blues e jazz, e passou a ter uma grande paixão pela música. Ao final dos anos 60 Janis conquistou fãs enquanto cantava com a banda Big Brother and the Holding Company, e já na década de 70 lançou-se em carreira solo. Sua efêmera passagem pelo universo rock foi o suficiente para torná-la um ícone imortal. Foi eleita pela revista Rolling Stone como uma dos 100 melhores artistas de todos os tempos. Sua carreira breve lhe permitiu que gravasse apenas quatro álbuns, são eles:  Big Brother and the Holding Company (1967), Cheap Thrills (1968), I Got Dem Ol' Kozmic Blues Again Mama! (1969) e o póstumo Pearl (1971).

Janis foi encontrada morta em 4 de outubro de 1970, por uma overdose de heroína, que infelizmente não era seu único vício, pois a cantora tinha sérios problemas com álcool. Aos 27 anos, Janis Joplin deixou o mundo dos vivos, entrando para a lista de vários artistas que coincidentemente morreram com essa mesma idade.

Janis deixou o legado de sua voz inconfundível, que a torna uma mulher eterna. Sua participação no mundo do rock é extremamente importante e influenciou muitas gerações futuras. Sempre que pensamos nas mulheres do rock and roll a Janis é referência, e portanto, a playlist da semana é dedicada a ela com sua voz incrível.

Agora, segura essa playlist e #tocarock!


Bom, espero que tenha gostado da dica de hoje, e acompanhe o blog Doce Maldade Feminina também no Facebook para ficar por dentro de mais dicas de séries e filmes, música, de beleza, moda e muito mais! Me siga também no Instagram, sempre dou dicas por lá! Se inscreva no meu canal no YouTube para me conhecer melhor e conversarmos sobre os mais diversos assuntos! Um beijão e até a próxima 😘


Comentários

Mais Lidas: