Pular para o conteúdo principal

DESTAQUE:

Jeans Sustentável e Preços Acessíveis: É possível?

 Olá, menine! Tudo bem? No post de hoje vamos falar sobre jeans sustentáveis e qual é a importância de optarmos por peças com produção mais sustentável. Mas antes disso, quero deixar claro que: é impossível exercer uma produção ou consumo 100% sustentável, o que podemos (e devemos) fazer é nos conscientizar sobre a forma que consumimos e fazer as melhores escolhas possíveis. Quando eu falar, ao longo do texto, que são "jeans sustentáveis ou mais sustentáveis", entendemos que são produzidos com o menor impacto possível para o meio ambiente, mas ainda assim, é gerado um impacto.   Já falei aqui no blog sobre a importância de termos controle sobre o nosso consumo (clique aqui ) e recentemente sobre a diferença entre moda sustentável e a moda consciente , e como podemos exercer uma moda mais consciente, até que a sustentabilidade chegue ao alcance de todos (clique aqui para ver!). Hoje, as marcas com jeans mais sustentáveis que você vai ver neste post, são marcas conhecidas, que

Museu Afro Brasil

Quer um passeio super bacana, para todos os públicos, para todas as idades e para você aproveitar muito? O Museu Afro Brasil! Uma verdadeira viagem no tempo, repleta de história e muita cultura, no qual você pode ver móveis do período colonial, muita arte barroca, utensílios, ferramentas e máquinas usados pelos escravos, peças decorativas das casas portuguesas, religião, e cultura afro brasileira. É realmente sensacional! E na semana da Consciência Negra a visitação é gratuita,  e ocorrerão eventos especiais. Excepcionalmente abre nesta segunda-feira (20/11). O museu tem tanta coisa legal que você se perde, não sabe o que ver primeiro e quer fotografar tudo!

Museu Afro Brasil



O Museu Afro Brasil é uma instituição pública, administrada pela organização Social de Cultura e subordinado à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Foi inaugurado em 2004 no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, dentro do Parque do Ibirapuera. Possui uma área de 11 mil m² e um acervo que entre pinturas, esculturas, fotografias, gravuras e documentos contém mais de 6 mil obras. Além do grande acervo, o Museu afro Brasil exibe exposições periódicas e possui uma biblioteca com aproximadamente 10.000 obras entre livros, revistas e periódicos, com temas sobre a história da escravidão, tráfico de escravos e abolição da escravatura.

Museu Afro Brasil



Exposições Permanentes do Museu Afro Brasil


África: Diversidade e Permanência

Exibe obras que demonstram a cultura, história e arte africanos, com estátuas e máscaras de madeira e vestimentas de diferentes nações africanas.

As Religiões Afro-Brasileiras

Exibe obras dedicadas às religiões brasileiras de origem africana. Vestimentas, instrumentos musicais, pinturas, gravuras e fotografias e esculturas podem ser observados.

Museu Afro Brasil



O Sagrado e o Profano

Festas populares brasileiras da cultura afro como o Maracatu, Congada são retratados a partir do período da colonização. Também expõe instrumentos, vestimentas, máscaras e bandeiras.

Museu Afro Brasil



Trabalho e Escravidão

Exibe pinturas, gravuras e esculturas que demonstram as influências dos escravos africanos para o campo de trabalho.

Museu Afro Brasil

Museu Afro Brasil



História e Memória

Exibe documentos e fotografias de importantes personalidades negras para a história brasileira.

Artes Plásticas: A Mão Afro Brasileira

Expôe obras de diferentes períodos artísticos e diferentes artistas brasileiros, africanos e afro-descendentes.

Informações Sobre o Museu Afro Brasil

Para informações sobre programação e exposições temporárias, acesse o site do Museu Afro Brasil!

Endereço:
Av. Pedro Álvares, Cabral Portão 10 
Parque Ibirapuera 
São Paulo/SP - Brasil - Acesso pelo portão 03 

Horário de funcionamento:
De terça-feira a domingo, das 10hs às 17hs,
com permanência até às 18hs. 

Biblioteca
Horário de Funcionamento: 
De terça-feira a sexta-feira, das 10hs às 17h30/ Aos sábados, das 10hs às 14hs. 
Entrada gratuita. 

Ingressos:
R$ 6,00 - Meia Entrada: R$ 3,00
Gratuidade aos sábados
__


 
Quem sou eu?

Oi! Eu sou Kátia Malagodi, criadora do DMF, publicitária, modelo, vegetariana, apaixonada por moda sem regras, beleza sem crueldade, livros e música. Criei o blog DMF em 2016 pra compartilhar algumas ideias, e de lá pra cá aprendi muito e me apaixono cada vez mais pelo que faço! Me siga no Instagram @katiamalagodi pra acompanhar mais dicas e conhecer um pouco da minha rotina sem rotina, e siga o @docemaldadefeminina também pra acompanhar dicas exclusivas do Insta! Te encontro por lá!

Comentários

Mais Lidas: