Pular para o conteúdo principal

DESTAQUE:

Setembro Amarelo é mais do que uma campanha

 Oi oi pessoas, como vocês estão? Essa semana é a minha estreia aqui no blog e vou conversar com vocês sobre saúde mental, bem-estar e autoconhecimento. E já que estamos no mês de Setembro acredito que é importante falarmos do Setembro Amarelo. Você já ouviu algo sobre isso?  Como começou a campanha Setembro Amarelo? Em 1994, um jovem americano de 17 anos, chamado Mike Emme, tirou a própria vida dirigindo seu carro amarelo. Comovidos com a situação, seus amigos e familiares distribuíram no seu funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem passando o mesmo desespero de Mike, e a mensagem foi espalhada mundo afora e chegou no Brasil.  Aqui no Brasil a campanha Setembro Amarelo foi criada a fim de informar a população e prevenir o suicídio. Afinal de contas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa tira a própria vida em algum lugar do planeta, e o suicídio é a segunda principal causa de morte em jovens com idades en

Quem Não Se Queima, Não Se Renova

"Você tem que estar preparado para se queimar em sua própria chama: como se renovar sem primeiro se tornar cinzas?" - Friedrich Nietzsche em Assim Falou Zaratustra.

pássaro voando, liberdade


Quem não se queima, não se renova. E é preciso se renovar para seguir adiante, para saber como agir, para saber ser forte. É preciso se renovar para conhecer a si mesmo e aos próprios limites e medos. É preciso se renovar para saber aonde quer chegar e saber o que deixar para trás. É preciso se queimar e renascer das cinzas para se auto-conhecer.

Essa renovação, esse auto-conhecimento, vem dos momentos mais difíceis em que a vida nos põe à prova, daqueles momentos em que acreditamos que não vamos conseguir, que não vamos suportar, em que nos vemos em nosso limite, são desses momentos que renascemos. A vida bate mesmo, e bate forte, e tem fases em que nos sentimos incapazes de revidar. Tem momentos em que dá vontade de jogar tudo para o alto, de não se importar, de não persistir. Mas nós precisamos disso. Olhe para si e pense em todos os momentos em que você pensou em desistir, em todas as vezes em que tudo pareceu desabar, em que você sentiu que não aguentaria mais. Agora pense em onde e como você está. Em todos os obstáculos que você já superou.

Cada momento ruim acontece por algum motivo: para reconhecermos nossos erros, para nos tornarmos mais fortes, para mudarmos um ponto de vista equivocado. Os períodos ruins são os períodos de renovação. Servem até mesmo, para que aquelas pessoas ruins e prejudiciais saiam de nossas vidas. E nos piores momentos que nos conhecemos melhor do que durante toda a vida, quando pensamos que não podemos mais aguentar, surgem forças de onde sequer podemos imaginar, quando estamos confusos entre nossos próprios pensamentos é que de fato tiramos os pensamentos ruins e colocamos a cabeça no lugar. Somente quando estamos sem fôlego é que paramos para respirar profundamente.

Essa renovação é essencial para a nossa maturidade e não acontece sem dor, então por mais que em determinados momentos o mundo pareça desabar, é preciso reconhecer a tudo o que já superamos. Sentir-se grato por tudo que deu errado, pois sem isso, a pessoa que você se tornou hoje não seria você. É preciso lembrar que até mesmo o fogo apaga, e a chama que te queima hoje te transformará em alguém novo amanhã. Mesmo com os obstáculos, mesmo com as tristezas, com as confusões, vai dar tudo certo.

__
                                           






Espero que tenha gostado do post de hoje, e acompanhe o blog Doce Maldade Feminina também no Facebook para ficar por dentro de todo o conteúdo da página com dicas de lazer, playlists, além de dicas de filmes e séries, beleza, moda e muito mais! Me siga também no Instagram, sempre dou dicas por lá! Se inscreva no meu canal no YouTube para me conhecer melhor e conversarmos sobre os mais diversos assuntos! Um beijão e até a próxima 😘





Comentários