13 Reasons Why Não É Só Mais Uma Série Adolescente

Terminei (finalmente) a segunda temporada de 13 Reasons Why, e posso dizer que dessa vez fiquei muito impressionada com os acontecimentos e definitivamente, a série não é só mais uma historinha para adolescentes.


Sobre 13 Reasons Why


13 Reasons Why rapidamente se tornou conhecida e polêmica por tratar de um assunto delicado e ainda rodeado de tabus: o suicídio. A adolescente Hanna Baker é transferida para uma nova escola, após se mudar de cidade com seus pais, e então muita coisa acontece, até que ela decide tirar a própria vida. Duas semanas após sua morte, Clay Jansen, amigo de Hanna, recebe uma caixa contendo 13 fitas cassetes gravadas pela própria Hanna, explicando quais foram os supostos motivos que a levaram a cometer o suicídio. Nesta fita, são citados colegas de escola e acontecimentos, por vezes desastrosos, que afetaram o seu relacionamento com as demais pessoas. Após muitas falhas, mal entendidos e decepções, Hanna não acreditava ser possível levar uma vida normal. 

13 Reasons Why
Foto WallpaperCave


Temas Abordados em 13 Reasons Why


Falando em roteiro, parece ser somente mais uma trama sobre suicídio, mas a segunda temporada deixou claro que há muito mais por trás de atos impensados de adolescentes confusos. Os temas abordados na série são, além de muito adultos, pesados, e o enredo entra em questões profundas sem dó nem piedade do espectador. 

Suicídio

O tema de suicídio, abordado por outros personagens além de Hanna, é somente uma isca para muitas outras questões que podem atormentar a muitos jovens. Embora 13 Reasons Why chame a atenção para o bullyng, este parece ser o menor dos problemas, que na verdade é fruto de muitos outros. 

Violência e Abuso Sexual

A série trata de abuso sexual, em como esse tipo de violência pode ser mascarada, cometida por pessoas próximas e em como muitas vezes, a vítima tem medo de se manifestar. A violência doméstica também é um tema marcante, e com o desenrolar da trama percebemos o quanto isso pode influenciar na formação de caráter de uma pessoa jovem, fazendo refletir sobre a importância de uma boa e sólida base familiar para um adulto emocionalmente saudável.

A descoberta da Homossexualidade

Mais um ponto importante da série é o da sexualidade. A descoberta da homossexualidade, em alguns jovens, pode ser muito dolorosa quando não se sentem amparados, seja pela família, amigos, colegas de trabalho e mesmo pela sociedade. O medo de ser julgado pela sexualidade interfere nas escolhas do jovem que está se descobrindo. 

Machismo

O machismo também está presente em 13 Reasons Why, mas acredito eu que, com tanta coisa acontecendo, fique um pouco de lado aos olhos de muitos espectadores. Embora "discreto", está presente nos casos de bullyng com garotas que são difamadas pelos rapazes com quem tem relações sexuais, relacionamentos que são mantidos em segredo por medo da opinião alheia, além de exposição fotográfica de garotas como se fossem troféus. 

Diante de tantos dramas não é difícil entender porque a vida desses jovens é tão conturbada.

O Elenco


O elenco apesar de ser jovem e ter atores iniciantes, incorpora muito bem os papéis e nos passa o misto de sensações de raiva, indignação, piedade e consegue nos fazer sentir empatia. O elenco principal é formado por Dylan Minnette como Clay Jensen, Katherine Langford como Hannah Baker, Alisha Boe como Jessica Davis, Brandon Flynn como Justin Foley, Christian Navarro como Tony Padilla, Miles Heizer como Alex Standall, Devin Druid como Tyler Down e Justin Prentice como Bryce Walker.

Trilha Sonora


A trilha sonora de 13 Reasons Why é sensacional, com bandas que marcaram o universo da música nos anos 80 e sem dúvida, influenciaram e continuam influenciando gerações. Além disso, a escolha de cada música é perfeita em sonoridade, melodia e letra para cada personagem e situação em questão. Bandas como Joy Division, Echo And The Bunnymen, Pil, Siouxie And The Banshees, entre outros grandes nomes do pós punk. 


Conclusão


Se você ainda não começou a assistir, não perca tempo! É muito interessante a forma em que os conflitos são colocados à mostra, nos fazendo perceber que esta realidade pode estar muito mais próxima do que imaginamos, mas infelizmente, muitos jovens se sentem incompreendidos, buscando o isolamento. Ao desenrolar da trama, conforme os fatos vão sendo descobertos, fica cada vez mais emocionante e a importância passa de "os treze motivos" para o impacto que Hanna causou a todos após a sua morte.  Em 13 Reasons Why, a conexão entre os personagens faz com que o menor dos erros afete a vida de todos como um efeito dominó. Assista!

Informações


Criação de Brian Yorkey, 13 Reasons Why é indicada para maiores de 16 anos. Contém cenas de violência, uso de drogas ilícitas. Cada temporada tem 13 episódios de cerca de 60 minutos.

Comentários