Agradecer Pelo Que Deu Errado

Todos nós temos objetivos, planos, vontades, sonhos. Todos conhecemos pessoas de quem gostamos muito, fazemos amizades que acreditamos ser verdadeiras, nos apaixonamos. É disso que a vida é feita: são os objetivos, os planos, vontades e sonhos, as pessoas, as paixões que nos dão motivação para continuar e sempre querer um futuro melhor e mais feliz. Existe algo ou alguém, ou os dois, que nos move para continuar a nossa jornada. Todos temos uma motivação. Mas nem sempre as coisas são como nós queremos, e os objetivos, planos, vontades e sonhos que temos podem ser mais difíceis do que esperávamos. As pessoas e paixões da nossa vida podem não ser o que esperávamos.

Às vezes pode acontecer de algo dar errado, de alguém nos decepcionar, de perdermos. Quando isso acontece na maioria das vezes não estamos preparados, claro, pois esperávamos por aquilo que era da nossa vontade. Ninguém quer que aquela viagem tenha que ser adiada, ninguém quer perder o emprego, ninguém quer se decepcionar com aquela amizade, ninguém quer um relacionamento amoroso que termine de forma infeliz. E pelo fato de esperarmos sempre que as coisas saiam ao nosso gosto, quando algo é diferente nos sentimos mal, questionamos e nos perguntamos porquê tinha que dar errado. 



O que eu quero dizer é que, nem sempre o que acreditamos ter dado errado, de fato deu errado. Ou seja, precisamos muitas vezes analisar os fatos e ocorrências para ver que mesmo não sendo o que esperávamos, foi o melhor. A vida sabe de tudo e nos mostra tudo. A vida sabe quando precisamos de algo, quando podemos ter aquilo o que queremos, sabe quem são as pessoas, e principalmente, sabe quem e o quê deve permanecer e ir embora. Mas, na ânsia de realizarmos a uma vontade à qual nos apegamos imensamente nos sentimos frustrados ao ver a situação "saindo do controle" e não conseguimos enxergar o que há além do óbvio. Se conseguirmos analisar a situação com outro ponto de vista quase sempre percebemos que daquele jeito foi melhor, ou que não era a hora certa, que não estávamos preparados. Que aquela pessoa não era tão amiga ou digna de nossa amizade, que aquele amor não nos fazia feliz. Faça esse exercício agora mesmo: pense em algo ou alguém que saiu de sua vida e que doeu, e em seguida pense em como estaria se tivesse acontecido diferente. Certamente, agora que você não está mais na emoção da perda, vai conseguir avaliar a situação de forma mais imparcial, percebendo os contras além dos prós, e quase sempre os contras são maiores. E se por acaso, mesmo assim você não conseguir ver por outro lado, saiba que tudo o que nos decepciona, tudo o que nos faz sofrer ou esperar nos transforma em pessoas mais fortes, mais sábias e mais maduras. E quando você consegue tirar força, sabedoria e amadurecimento dos momentos difíceis você passa a enxergar os fatos com mais positividade, sendo assim uma pessoa mais grata.

Então, o que deu errado nas nossas vidas na verdade não deu errado, e sim ocorreu como deveria ser. Aqueles que nos fazem mal nos ensinam a não ser como eles e nos ensinam a reconhecer e lidar com pessoas como eles, para não passar por decepções como aquela novamente. Quem sai das nossas vidas não tinha lugar para ficar. Por isso, depois que a tempestade acaba, temos que agradecer pela água que nos molhou e lavou, nos tornando diferentes. Não vamos nos lamentar pelo que deu errado, e sim agradecer por tudo o que ficou de bom e continuar a lutar. E sim, devemos por esses motivos agradecer inclusive pelo que deu errado em nossas vidas.

Comentários