terça-feira, 31 de outubro de 2017

Ajuda Demais Também Atrapalha

Não gostamos de ver as pessoas queridas passando por momentos ruins, por situações desagradáveis e muitas vezes procuramos ajudar. Mas a verdade é que nós não podemos ajudar a uma pessoa que não se ajuda. É impossível. Pode parecer muito cruel pensar nisso, mas se alguém precisar da sua ajuda, por mais que você se esforce, não vai conseguir chegar até o problema se esta pessoa não permitir que você chegue. Por mais que você se esforce não vai conseguir achar uma solução. Em outras palavras, pode ser perda de tempo para você, e pode interferir no amadurecimento do outro. Muitas vezes sentimos que precisamos resolver o problema das pessoas que amamos. Mas além de não sermos donos desse direito, resolvendo os problemas de alguém atrapalhamos no seu crescimento pessoal, no seu amadurecimento e auto-conhecimento. E o fato de alguém não permitir ser ajudado está totalmente ligado com o amadurecimento.

super-homem


É preciso ser humilde para aceitar ajuda. Não são todas as pessoas que gostam de receber ajuda para algo por acreditarem que é sinal de fraqueza e acreditam que devem resolver tudo sozinhas. Neste caso, você pode acabar se machucando ao tentar ajudar demais. A pessoa que não está pronta para ser ajudada vai recusar todos os seus esforços, e você vai sofrer por tentar ajudar em vão e por ver esta pessoa passando por momentos ruins. É preciso, muitas vezes, de maturidade para aceitar a ajuda de alguém, e a maturidade só vem dos erros e da dor, que é quando aprendemos a lidar com as situações e nos renovamos

Desta forma, ajuda demais também atrapalha no amadurecimento. Uma pessoa que tem tudo com facilidade, que tem tudo o que quer e precisa no tempo que quer, que tem alguém que faça por ela o que quase sempre ela deveria fazer sozinha, nunca vai precisar se esforçar. Quem não se esforça para conseguir os seus objetivos também não amadurece, não aprende, não vive. Esta pessoa que tem tudo fácil, na primeira dificuldade em que estiver só vai se sentir perdida e não vai saber como agir, pois ela sempre teve quem a "resgatasse". Quando uma criança está aprendendo a andar, ela cai muitas vezes, é normal, o melhor a fazer é deixar que ela se levante sozinha para perder o medo e perceber que não é nada demais. E assim continuar o seu aprendizado. Da mesma forma, muitas vezes precisamos permitir que alguém a quem amamos resolva seus problemas, corra atrás de seus planos e aprenda com os erros. Isso traz, além de amadurecimento, resiliência. 

Então nós devemos deixar de ajudar a quem amamos? Com certeza não! Podemos sim ajudar as pessoas importantes das nossas vidas. Mas devemos ajudar as pessoas no momento certo e lembrar que ajudar não é o mesmo que fazer por alguém aquilo que essa pessoa deve fazer. Cada pessoa tem o seu caminho e seu aprendizado, nós podemos dar apoio, podemos aconselhar, incentivar e até mesmo mostrar a direção, mas nunca caminhar por alguém. Dê a sua mão, caminhe ao lado, mas não leve no colo alguém que já deveria estar pronto para caminhar sozinho. Entre as melhores formas de ajudar alguém estão a concessão da liberdade de escolha, do valor do aprendizado, da sabedoria do amadurecimento e da satisfação da conquista. 

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

O Papel de Parede Amarelo + Sejamos Todos Feministas

A dica de leitura de hoje traz conhecimento em dose dupla: O Papel De Parede Amarelo e Sejamos Todos Feministas! São leituras clássicas e rápidas, que mostram a real necessidade do feminismo, e que é muito diferente do que muitas pessoas pensam.

O Papel de Parede Amarelo + Sejamos Todos Feministas


O Papel De Parede Amarelo


Escrito por Charlotte Perkins Gilman,  O Papel De Parede Amarelo é um conto que narra como em um diário o confinamento de uma mulher por seu próprio marido. Seu marido era médico, e ao se dar conta de que estava um pouco debilitada emocionalmente, a levou para uma casa de veraneio na qual ficou presa dentro de um quarto, com grades nas janelas, sem ter nenhum acesso ao restante da casa. Com o passar dos dias, sem ter nenhum outro tipo de distração, ela começa a observar o papel de parede do quarto e pelas cores e forma passa a se lembrar e imaginar coisas. 

Sejamos Todos Feministas


Escrito pela nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie autora de Hibisco Roxo, Americanah e Meio Sol Amarelo, Sejamos Todos Feministas é uma versão de uma palestra que foi dada pela escritora em 2012 na conferência TedxEuston. Chimamanda expõe de forma mais clara e direta possível sobre as questões que oprimem e distanciam as mulheres da igualdade de gênero. Começa a dizer que, desde criança um de seus amigos a chamava de feminista como se fosse um termo pejorativo. Ela explica como o machismo acontece de muitas formas no dia-a-dia de maneira quase imperceptível e como a forma de educar as crianças contribui para esse tipo de comportamento. É uma leitura muito breve mas que surpreende pela clareza, objetividade e principalmente pela riqueza de conteúdo, mostrando o motivo de o feminismo ser realmente necessário.

O Feminismo 

Busca igualdade de gênero entre homens e mulheres como sociedade, na política e economia. O fato de buscar igualdade e respeito não quer dizer que as mulheres queiram ser iguais aos homens: feministas se depilam, usam maquiagem, casam-se com outros homens, usam salto alto, feministas são femininas. As feministas não vivem em guerra com os homens. Parece desnecessário ter de esclarecer algo que deveria ser óbvio, mas em razão de acontecimentos e movimentos extremistas, o feminismo é muito mal visto e mal interpretado. A importância dessas duas leituras tão rápidas é a de justamente mostrar onde o machismo se esconde, nas pequenas (e médias) coisas que acontecem no dia-a-dia e em como precisamos nos reeducar e educar as próximas gerações para mudar hábitos e pensamentos.

Informações:

O Papel de Parede Amarelo
Capa comum: 112 páginas
Editora: José Olympio; 
Dimensões do produto: 17,6 x 11,8 x 1,2 cm
Classificação: 4,5 estrelas
Preço médio: R$18,90 na amazon.com.br 

Sejamos Todos Feministas
Livro de bolso: 64 páginas
Editora: Companhia das Letras
Dimensões do produto: 22,8 x 15,8 x 1,6 cm
Classificação: 4,5 estrelas
Preço médio: R$12,90 na amazon.coom.br

domingo, 29 de outubro de 2017

Beasts Of No Nation

Para os amantes de filmes impactantes, roteiros bem construídos e histórias marcantes, não podem deixar de assistir Beasts Of No Nation! Mais uma produção muito bem sucedida da Netflix, escrito e dirigido por Cary Jogi Fukunaga, Beasts Of No Nation foi lançado em 16 de outubro de 2015. Estrelando Abraham Attah como Agu, também conta com os atores Idris Elba, Kurt Egyiawan, Jude Akuwudike. 

Beasts Of No Nation
Imagem: wall.alphacoders.com

O filme conta a história de Agu, um menino que vive em uma aldeia, em um país da África Ocidental, com seus pais e um irmão. A vida de Agu e sua família é muito simples, porém calma e feliz, com uma família unida. O filme começa com cenas da infância de Agu e as típicas travessuras de meninos, as refeições em família, mostrando uma rotina comum. Porém, toda essa calmaria está com os dias contados, e em decorrência de uma guerra civil, Agu é separado de sua família e forçado a se tornar um soldado em troca de continuar vivo.

Beasts Of No Nation é chocante por ter um enredo triste mas que, embora saibamos que se trata de um romance, são acontecimentos que fazem parte da vida real. O foco principal é a transição da infância de Agu para se tornar um soldado, além dos fatos, explorando intimamente os sentimentos de um garoto que perdeu sua família e sua inocência e se transformou em alguém cuja existência se baseia em atirar para se manter vivo. A revolta, a tristeza, a saudade, a melancolia e a incerteza de um garoto que não sabe exatamente porquê luta são retratados da forma mais impressionante possível, fazendo de Beasts Of No Nation muito diferente e muito mais emocionante que muitos outros filmes de guerra. Prepare a pipoca e o coração para assistir, porque é forte do início ao fim.
O filme é indicado para maiores de 18 anos. Duração: 2h 17min. 




sexta-feira, 27 de outubro de 2017

The Last Shadow Puppets

Quem gosta de rock and roll e não se rende ao indie rock? Uma das bandas que mais amo e escuto com frequência e que aliás, não sei dizer por que não indiquei aqui no blog antes é The Last Shadow Puppets!

the last shadow puppets


Alex Turner, vocalista do Arctic Monkeys e Miles Kane, da banda The Rascals se uniram em um projeto que deu certo, e lançaram seu primeiro álbum The Age Of The Understatement em 2008. O álbum ficou conhecido por músicas que viraram hits, como Standing Next To Me, que é altamente viciante-chiclete. Após a gravação de seu primeiro álbum a banda só lançou um novo trabalho depois de uma espera de oito anos, quebrando o "silêncio" em 1 de abril de 2016 com o álbum Everything You've Come To Expect. Além desses álbuns a banda tem 8 EP's.


The Last Shadow Puppets inevitavelmente lembra Arctic Monkeys em algumas músicas. O primeiro álbum tem canções um pouco mais agitadas que o segundo, melodias com um toque de ironia que são a cara do Alex Turner, aquelas viradas de um ritmo calmo para noise e vice-versa. Destaque para The Age Of The Understatement, Standing Next To Me, My Mistakes Were Made For You e Black Plant, na minha opinião, as mais grudentas (no bom sentido). No segundo álbum as músicas tendem a ser mais calmas e com uma melancolia perceptível, porém no bom estilo Turner de ser. Aviation, Miracle Aligner, Sweet Dreams TN, She Does The Woods são as faixas irresistíveis do álbum e depois de escutar todas eu duvido que você não vai colocar pelo menos estas pra replay.


Os dois álbuns, embora tenham suas diferenças mínimas em peso e sonoridade seguem fiéis ao estilo da banda, mesmo com um intervalo de oito anos, e é impossível dizer que exista um melhor. Agora que você já conheceu um pouco sobre o The Last Shadow Puppets dá play nos vídeos e na playlist da semana, e já prepara os fones de ouvido porque você vai querer escutar o tempo todo e em todos os lugares! 

Dicas Para Diminuir o Consumo de Açúcar

Quem não ama doces? E quem não se sente melhor depois de comer um doce na TPM, quando está triste ou irritado? Isso acontece porque o consumo de açúcar tem relação com a serotonina, substância que tem, dentre outras funções, a de regular nosso humor. Dificilmente você vai encontrar alguém que não goste de chocolate (embora eu deva confessar que não gosto de chocolate ao leite, só amargo ou branco rs), ou que recuse um pavê (amo!) ou um pudim (amo!). Esses são exemplos de alimentos que não temos o hábito de consumir diariamente, justamente pela grande quantidade de calorias, e principalmente, açúcar. Então, se evitamos consumir pavê, pudim, chocolate branco todos os dias, por que não nos atentamos ao consumo de açúcar diário de maneira a controlar a quantidade ingerida?

consumo de açúcar


De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o consumo de açúcar ideal está entre 25 a 50g por dia, ou, 10% das calorias ingeridas diariamente. Os riscos do excesso de açúcar são mais do que uma questão estética, podem causar cáries e diabetes, que consequentemente traz muitos outros riscos à saúde. Pode parecer muito difícil controlar a quantidade de açúcar que consumimos, mas podemos aplicar em nosso dia-a-dia medidas simples que a longo prazo trarão muitos benefícios. Não precisa e não é recomendável que se corte totalmente o consumo de açúcar, porém é necessário controlar hoje para evitar os problemas que podem surgir futuramente. Seguindo estas dicas simples é mais fácil do que parece!

Substitua o açúcar pelo adoçante

Se você vai tomar um cafezinho (eu prefiro sem adoçar <3) ou um chá, ou mesmo para fazer alguma receita e pode substituir o açúcar por adoçante, então faça!;

Evite tomar refrigerantes

Refrigerantes contém uma alta concentração de açúcar, então escolha sempre tomar um suco ou mesmo água;

Evite sucos industrializados ou em pó

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os sucos industrializados ou em pó também contém grande quantidade de açúcares, além de conservantes, etc., prefira sempre os naturais;

Prefira chocolates com 40% de cacau ou mais

Deu aquela vontade incontrolável de comer doces? Prefira um chocolate amargo ou meio amargo, feitos com no mínimo 40% de cacau, além de serem menos calóricos e terem menos açúcar, o chocolate amargo é rico em antioxidantes e aumenta a sensação de bem-estar;

Coma menos doces e mais frutas

Depois das refeições ou quando surge a vontade de comer doces no meio do dia, prefira comer uma fruta. Além de ter muito menos açúcar e ser muito menos calórica do que consumir um doce, a fruta fornece vitaminas, fibras, entre outros nutrientes necessários para a saúde;

Chicletes sem açúcar

Troce as balinhas que você coloca na bolsa ou divide com o pessoal no trabalho ou faculdade por chicletes sem açúcar. 


Evite produtos industrializados sempre que puder

Os produtos industrializados tem conservantes, corantes, muito sódio e também muito açúcar para manter o sabor por mais tempo. Evite comer bolos industrializados, tortas, doces o quanto puder;

Verifique a informação nutricional dos alimentos

Sempre que for comprar algum produto industrializado (principalmente) verifique a tabela nutricional. Muitos biscoitos integrais, por exemplo, tem uma grande quantidade de açúcar. Pães, cereais, principalmente a granola, iogurtes, geleias, entre outros alimentos, tem uma variação nutricional muito grande entre marcas e tipos;

Diminua o consumo de açúcar aos poucos

Não adianta cortar o açúcar de forma drástica porque o efeito vai ser justamente o contrário: seu corpo já está acostumado com uma quantidade daquela substância, se você corta de uma hora para a outra você vai sentir uma vontade muito maior de consumir, e portanto, quando for consumir vai fazer como diz o ditado "enfiar o pé na jaca". Faça reduções na quantidade de açúcar aos poucos para ir acostumando o seu organismo.



quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Nutrição Capilar Niely Gold

Já falei aqui no blog, algumas vezes, sobre a importância de usar produtos adequados ao nosso tipo de cabelo. Quem tem cabelos cacheados e crespos, tende a ter os cabelos mais ressecados, devido à curvatura dos fios, que dificulta a distribuição de oleosidade natural. Sendo assim, é preciso investir em máscaras que tenham um maior poder de hidratação e nutrição. 
A nutrição capilar é como uma hidratação mais potente, que além de hidratar os cabelos nutre os fios devolvendo lipídios e nutrientes presentes na estrutura capilar, e que se perdem com as agressões diárias (sol, vento, secador, etc). Desta forma, a nutrição fortalece os fios e favorece o crescimento saudável. Uma máscara de nutrição capilar que na verdade eu comprei por acaso e acabei gostando muito, é a Máscara Concentrada Nutrição Poderosa Niely Gold.

máscara nutrição capilar niely gold


A máscara contém óleo de argan, linhaça, macadâmia, oliva e coco. Indicada para cabelos secos ou ressecados, ela promete hidratar e nutrir os fios, ação anti-ressecamento e anti-frizz, reestruturação, brilho e maciez em resultado imediato. De fato, com o primeiro uso, é notável a maciez e o brilho que a máscara dá aos cabelos. O tempo de ação é de apenas três minutos, perfeito para usar no dia-a-dia. A máscara é bem consistente e o perfume muito gostoso, lembra um pouco o aroma de óleo de argan. Um pote de 430g custa aproximadamente R$15,00, você pode encontrar em qualquer perfumaria, em farmácias, mercados, até em algumas lojas de departamento.
Além de ser uma máscara que tem um preço bom tem resultados excelentes, e pode ser usada em cabelos de qualquer textura. 

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Sobre Ser e Ter Um Amigo

Desde que começamos a entender a vida com um pouco mais de seriedade, percebemos que muitas coisas são diferentes do que acreditávamos. E assim, percebemos que amizade vai muito além de ter companhia e significa muito mais do que gostar de alguém. 

cães amigos caminhando pela praia


Os mais velhos nos dizem que temos poucos amigos, e isso é uma das verdades da vida, mas o que aprendemos sozinhos é que temos que saber como ser amigo de alguém, e saber ter amigos. Cada pessoa é de um jeito e portanto cada amigo vai agir à sua maneira e cada um vai oferecer o que tiver de melhor. Claro que temos aqueles poucos em quem confiamos mais, pois temos mais afinidade. Mas algo que a vida me ensinou é que afinidade somente não faz amizade. Tem os amigos que sempre estão conosco, os que sabem muito sobre nós, os que nos conhecem muito bem, os que estão longe mas é como se estivessem perto e os de longa data que quase não temos contato, mas a amizade continua a mesma. Quando eu digo que precisamos saber ter amigos, é porque temos que saber lidar com essas diferenças, sem comparações, e saber o que esperar de cada pessoa. A gente se decepciona por esperar demais ou por esperar que alguém seja como nós somos, e então, é assim que uma amizade enfraquece. Aliás, é assim que muitas relações enfraquecem. Então, mais que o grau de confiança em alguém, ser amigo é saber que cada um estará presente e dará o seu melhor da sua maneira.
É verdade que os verdadeiros amigos estão conosco nos momentos difíceis. São aqueles que dispõem do seu tempo para se importar conosco, os que demonstram solidariedade, os que fazem questão da nossa companhia quando não fazemos questão de nós mesmos. Mas eles também fazem parte das nossas alegrias. São os verdadeiros amigos que ficam felizes ao nos verem felizes. E muitas vezes são os amigos que nos proporcionam esses momentos felizes, que por mais simples que sejam, preenchem uma parte das nossas vidas que será lembrada enquanto vivermos. 
A amizade nos ensina um dos sentimentos mais belos: a gratidão! Seja por te dar força em um momento difícil ou por comemorar uma conquista, ter amigos ao nosso lado nos torna gratos de uma forma muito sincera, por ter pessoas que lutam conosco, por tornarem a nossa batalha mais fácil.  Por todas as conversas, debates, broncas, brigas, as loucuras, os segredos, aprendizados, conselhos, lembranças, gargalhadas, brincadeiras, presentes, presença, aprendemos a ser gratos por uma pessoa que entrou em nossa vida como um acaso, e que agora faz parte da nossa história e faz dela algo muito mais leve.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Mulheres, Raça e Classe

Se for para descrever em uma só palavra, Mulheres, Raça e Classe, escrito por Angela Davis é impressionante. É impressionante por nos mostrar uma face da história que fica somente nos bastidores. É impressionante por mostrar que a verdade vai muito além do que sabemos ou possamos imaginar. Eu, particularmente, amo esse tipo de leitura: que nos faz ver além do óbvio. Angela Davis é filósofa, foi professora de na Universidade da Califórnia, integrou o grupo revolucionário Panteras Negras, que lutava pelos direitos da população negra americana na décadas de 1960.

livro mulheres, raça e classe, angela davis


Angela fala do papel da mulher na sociedade por uma perspectiva que é muito ignorada, começando da escravidão, na qual as mulheres eram exploradas principalmente sexualmente, chegando ao movimento antiescravagista. Com o movimento antiescravagista esperava-se, com a "liberdade" que lhes foi dada, que fossem praticados os direitos das mulheres. Porém, as coisas não ocorreram dessa forma. Ao mesmo tempo em que as mulheres brancas apoiavam o movimento antiescravagista, se colocavam em posição superior ao das mulheres negras e acreditavam que não deveriam ocupar as mesmas posições na sociedade, ou seja, pela lógica, "você já não é mais uma escrava, quer mais o que?". Partindo da premissa de que as mulheres negras não precisavam de educação básica, de que não tinham os mesmos direitos de mulheres brancas, que não precisavam viver na mesma sociedade em igualdade, consequentemente não fariam parte do movimento sufragista  feminino. Ao mesmo tempo em que as mulheres lutavam por conquistar uma posição de maior respeito na sociedade, ignoravam suas companheiras de pele negra. A crítica de Angela é, neste ponto, à contradição ocorrente na luta pelos direitos das mulheres, uma vez que deveriam todas manter-se unidas em prol de grandes objetivos em comum, se separavam por classe social e raça. Essa separação, consequentemente, fez com que a influência do racismo crescesse, pois se não deveriam as mulheres negras lutar com as brancas, pela lógica racista, não deveriam viver com as brancas. Esta situação toda é interessante  para perceber que a ignorância do ser humano pode ser muitas vezes maior que sua bondade e até mesmo seus objetivos. Claramente, as mulheres negras continuaram sua luta por muito tempo. Mas Angela não para por aí e também faz suas observações sobre o legado da escravidão e em como contribuiu com o racismo e o papel da mulher na sociedade. Expõe as dificuldades das mulheres na luta por igualdade, o preconceito e o machismo, e como isso tudo contribuiu para a situação cultural, econômica e política nos Estados Unidos. 
É difícil falar brevemente de Mulheres, Raça e Classe por ele ser muito completo, mas eu não gosto de revelar muitas informações para não perder a graça da surpresa da leitura, o que posso dizer que é um dos livros mais fortes que li, abre os nossos olhos para fatos despercebidos e nos faz enxergar a atual realidade de uma forma diferente do que estamos acostumados. Seja você homem ou mulher, negro ou branco, rico ou pobre, vai ficar impressionado com o conteúdo.

Informações:
Capa comum: 248 páginas
Editora: Boitempo
Idioma: Português
Dimensões do produto: 22,8 x 15,8 x 1,4 cm
Classificação: 5 estrelas!!!!!
Preço médio: entre R$37,50 a R$54,00 na amazon.com.br

domingo, 22 de outubro de 2017

10 Motivos Para Assistir Friends

Sabe aquela série que quando você começa a assistir não consegue parar? Friends é assim! E continua sendo um sucesso mais de 20 anos após o seu lançamento. Conquistando gerações de fãs, Friends foi ao ar pela primeira vez em 22 de setembro de 1994 pela rede NBC, criada por David Crane e Marta Kauffman. Com um super elenco, conta com Jennifer Aniston como Rachel, Courtney Cox como MonicaLisa Kudrow como PhoebeMatt LeBlanc como JoeyMatthew Perry como ChandlerDavid Schwimmer como Ross. Os personagens são únicos, os episódios são inesquecíveis, e acompanhar a história de vida de cada personagem é irresistível. Se você ainda não começou a assistir Friends não perca tempo, e se já é fã da série, tenho certeza de que você vai se identificar com os 10 Motivos Para Assistir Friends!  

Friends Tv Show


  1. Friends recebeu cinco Prêmios Emmy sendo o mais notório na categoria Melhor Série de Comédia, um Globo de Ouro, dois SAG Awards, foi premiada mais 56 vezes e recebeu 152 nomeações. A revista TV Guide, especializada em televisão, classificou Friends na posição 21 dos 50 melhores programas de TV;
  2. Os personagens são pessoas comuns, jovens que batalham para chegar onde querem, e por esse motivo nos identificamos facilmente com eles;
  3. As situações pelas quais os personagens passam durante 10 temporadas (10 anos de série) são totalmente reais em nossas vidas e por isso torna-se muito cativante;
  4. Acompanhamos o amadurecimento dos personagens, suas mudanças de comportamento, suas conquistas;
  5. Acompanhamos o amadurecimento dos atores, desde a primeira até a última temporada, fisicamente e como profissionais trabalhando cada vez melhor e mais envolvidos;
  6. Como se tratam de situações que provavelmente já vivemos, ou vamos viver um dia, aprendemos valiosas lições;
  7. Friends tem momentos emocionantes. Além do humor, tem romance, momentos sérios, e cenas em que é difícil resistir e não chorar, mas no meu caso é só um cisco no olho mesmo rs...;
  8. Tem os personagens mais inesquecíveis de todos os tempos: Rachel que era uma garota rica e mimada, abandonou o noivo no altar para arriscar viver a sua própria vida e se deparou com um emprego de garçonete; Monica que é obcecada por limpeza e arrumação, dona de uma personalidade altamente competitiva, sonha em se casar e ter filhos; Phoebe, cuja mãe cometeu suicídio, tem uma irmã gêmea com a qual não se dá muito bem, é vegetariana e dona de um coração enorme mas vive no mundo da lua; Ross, irmão de Monica, apaixonado por Rachel desde o colegial, paleontólogo apaixonado por dinossauros, um pouco nerd e muito amoroso; Chandler, o engraçado da turma, seu pai é travesti e sua mãe escritora de livros picantes, ainda não aprendeu a lidar com estes fatos; e Joey, é o garanhão, bonitão, e menos inteligente de todos, Joey batalha para realizar o seu sonho de ser um grande ator, ama comer e não divide comida;
  9. A música de abertura é irresistível, super alto astral, você aprende a cantar e jamais pula esta parte para ir direto ao episódio;
  10. É o tipo de série que assistimos incontáveis vezes como se fosse sempre a primeira, com as mais espontâneas gargalhadas.

Agora que você já conhece os principais motivos para assistir Friends, corre lá no Netflix pra assistir, e comenta aqui quais são os seus motivos para amar esta série! Beijos e boa maratona 😘😉

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Instituto Moreira Salles

Inaugurado em 20 de setembro, o Centro Cultural do Instituto Moreira Salles é um lugar que você não pode deixar de conhecer! No coração de sampa, fica localizado na Av. Paulista, pertinho da Consolação, e deixa qualquer um de queixo caído pelo espaço e por todas as opções de lazer e cultura.

livraria Instituto Moreira Salles


Com sete andares de uma arquitetura moderna e elegante, o Centro Cultural Instituto Moreira Salles oferece aos visitantes uma biblioteca (maravilhosa) de fotografia para consulta local, mais de 1.200 metros quadrados para exposições em três galerias, cineteatro para exibição de filmes e musicais, debates e seminários, a livraria IMS, e o restaurante-café Balaio.

programação Instituto Moreira Salles

O espaço é muito amplo e bem iluminado, a área com a livraria e o café recebem iluminação natural durante o dia num espaço aberto com vista direto para a Avenida Paulista. O edifício tem boa acessibilidade, com boa sinalização, elevadores para todos os espaços, disponibilizam cadeiras de rodas e vagas de estacionamento para deficientes, e bicicletário gratuito em funcionamento das 10h às 20h. Fazer um "tour" pelas galerias é uma atividade que distrai e impressiona ao mesmo tempo. 

exposição galeria Instituto Moreira Salles


exposição galeria Instituto Moreira Salles



exposição galeria Instituto Moreira Salles
O acesso às áreas do centro cultural e exposições é gratuito, para acessar ao cinema é cobrado um valor que pode variar de acordo com o filme, sendo o mínimo de R$8,00. Para shows, eventos e cursos os ingressos podem ser comprados antecipadamente. O horário para visitação é de terça a domingo e feriados, das 10h às 20h; quintas, das 10h às 22h. Para mais informações e programação, acesse o site do Instituto Moreira Salles e acompanhe as novidades. A localização é super fácil: cinco minutinhos das estações de metrô Paulista ou Consolação, na Avenida Paulista nº 2424.
Seja para começar o dia com uma boa leitura e um cafezinho, relaxar no final de tarde ou encontrar os amigos, o Instituto Moreira Salles é uma ótima escolha!


The Arcs

O conhecido como "rock de garagem", blues e uma pitada indie formam a banda The Arcs. A banda existe desde 2015 e é um projeto paralelo de Dan Auerbah, músico multi-instrumentista, guitarrista e vocalista do The Black Keys, conta também com Leon Michels, Nick Movshon, Homer Steinweiss, Richard Swift e Kenny Vaughan.



Os The Arcs começaram as atividades com o álbum Yours, Dreamily, lançado em 4 de setembro de 2015, que os levou a participarem do Coachella Festival 2016. Imediatamente ao ouvir a primeira música da banda você já reconhece (e gosta) do estilo dos caras. A Faixa intitulada The Arcs, lembra a tão conhecida, dançante, viciante, aclamada Lonely Boy, do Black Keys. Embora as semelhanças entre as duas bandas sejam perceptíveis, o The Arcs tem um estilo mais romântico e calmo, e em algumas músicas melancólico. Mas, sinto muito, você não vai conseguir parar de ouvir por um bom tempo e em dois dias já sabe cantar todas!


Com guitarras suaves, o teclado como coadjuvante, vocais calmos, é música para relaxar e chega a ter até mesmo uma sensualidade nas melodias. Tem as baladinhas delícia Rosie (Oh lala) e Chains of Love que são super propícias pra "dançar coladinho" e as mais rock and roll Outta My Mind e The Arcs, pra agitar nas festinhas. 
É uma banda completa, com identidade própria e que consegue transmitir sentimentos nas músicas. Por enquanto a banda só tem um álbum gravado e alguns singles, mas vamos torcer para sair novidade logo. Enquanto isso, você pode curtir a playlist da semana, com muito The Arcs!

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Hambúrguer Caseiro

Quem não gosta de hambúrguer que atire a primeira pedra! Essa delícia domina os fast-food, muitos food trucks, une os amigos na hamburgueria ou no churrasco em casa. Um hambúrguer bem feito é saboroso, suculento, macio por dentro e o aroma então, uma tentação! Porém, nem todas as opões de hambúrguer são saudáveis (a maioria não é). Então hoje vou ensinar uma receita super fácil de hambúrguer caseiro, saudável, e super saboroso, pra você comer no lanche, no pós-treino, no churrasco e se deliciar!

hambúrguer caseiro saudável


Você vai precisar de:

500g de patinho moído (ou alguma outra carne magra)
1 ovo
1 colher de sopa de aveia
cebola picada
alho
salsinha
cebolinha
sal

Modo de preparo:


Pique a cebola, o alho, a salsinha e a cebolinha em uma quantidade a seu gosto para serem misturados à carne. Em uma tigela, coloque a carne moída com esses ingredientes e o sal e misture bem. Bata o ovo separadamente, e quando estiver homogêneo coloque na carne, e misture bem. Por ultimo, coloque a aveia e misture. Faça os hambúrgueres do tamanho que preferir, e frite em uma frigideira antiaderente, não há necessidade de colocar óleo.

hambúrguer caseiro


Tempo médio de preparo: 25 min


Dicas:

Os hambúrgueres podem ser congelados, para isso, envolva-os em plástico filme para mantê-los separados e na hora de fritar é só retirar o plástico;

hambúrgueres caseiros congelados


Você pode acrescentar manjericão e orégano ou mesmo substituir a salsa e cebolinha por estes;
Esta receita faz cinco hambúrgueres com aproximadamente 120g;
Frite em fogo baixo para que não fique frito por fora e mal passado por dentro;
Eu, particularmente, prefiro os temperos picados porém em pedaços maiores para dar mais sabor.

Viu só, que super fácil? E pode comer até enjoar porque além de gostoso é rico em proteína e saudável! Muito mais saudável que o da hamburgueria e muito mais gostoso que o hambúrguer do supermercado! 

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Shampoo e Condicionador Niely Permanente Afro

Para cacheadas ou transitetes, já falei aqui no blog da importância de escolher os produtos certos para o seu tipo de cabelo e o quanto um produto ajuda (ou atrapalha) no resultado final. É importante também, mudar a marca e tipo dos produtos sempre que puder para ir testando e saber qual se adapta melhor ao seu cabelo. Uma linha que eu usei e gostei muito, que me forneceu bastante definição foi a linha Permanente Afro da Niely*.

Shampoo e Condicionador Niely Afro


Usei shampoo e condicionador, os dois para uso diário e sem sal, para controle de controle de volume. Contém óleo de karité, que dão maciez e muito brilho aos cabelos, indicado para cabelos secos ou que já usaram química. Apesar de a função principal ser controlar o volume, o que eu mais gostei e fica muito evidente já na primeira lavagem é a definição que ele proporciona, mesmo no day after os cabelos continuam cacheados e leves. O aroma é muito suave e permanece nos cabelos até a próxima lavagem. 
Foi a primeira vez que usei shampoo e condicionador da marca, apesar de não perceber redução no volume, gostei muito definição e brilho que dá aos cabelos. O kit vem com shampoo de 300ml e condicionador de 200ml. O preço é uma beleza: em média R$14,00 por kit. 

*Não existe nenhum tipo de patrocínio para indicação desses produtos.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Quem Não Se Queima, Não Se Renova

"Você tem que estar preparado para se queimar em sua própria chama: como se renovar sem primeiro se tornar cinzas?" - Friedrich Nietzsche em Assim Falou Zaratustra.

pássaro voando, liberdade


Quem não se queima, não se renova. E é preciso se renovar para seguir adiante, para saber como agir, para saber ser forte. É preciso se renovar para conhecer a si mesmo e aos próprios limites e medos. É preciso se renovar para saber aonde quer chegar e saber o que deixar para trás. É preciso se queimar e renascer das cinzas para se auto-conhecer.
Essa renovação, esse auto-conhecimento, vem dos momentos mais difíceis em que a vida nos põe à prova, daqueles momentos em que acreditamos que não vamos conseguir, que não vamos suportar, em que nos vemos em nosso limite, são desses momentos que renascemos. A vida bate mesmo, e bate forte, e tem fases em que nos sentimos incapazes de revidar. Tem momentos em que dá vontade de jogar tudo para o alto, de não se importar, de não persistir. Mas nós precisamos disso. Olhe para si e pense em todos os momentos em que você pensou em desistir, em todas as vezes em que tudo pareceu desabar, em que você sentiu que não aguentaria mais. Agora pense em onde e como você está. Em todos os obstáculos que você já superou.
Cada momento ruim acontece por algum motivo: para reconhecermos nossos erros, para nos tornarmos mais fortes, para mudarmos um ponto de vista equivocado. Os períodos ruins são os períodos de renovação. Servem até mesmo, para que aquelas pessoas ruins e prejudiciais saiam de nossas vidas. E nos piores momentos que nos conhecemos melhor do que durante toda a vida, quando pensamos que não podemos mais aguentar, surgem forças de onde sequer podemos imaginar, quando estamos confusos entre nossos próprios pensamentos é que de fato tiramos os pensamentos ruins e colocamos a cabeça no lugar. Somente quando estamos sem fôlego é que paramos para respirar profundamente. 
Essa renovação é essencial para a nossa maturidade e não acontece sem dor, então por mais que em determinados momentos o mundo pareça desabar, é preciso reconhecer a tudo o que já superamos. Sentir-se grato por tudo que deu errado, pois sem isso, a pessoa que você se tornou hoje não seria você. É preciso lembrar que até mesmo o fogo apaga, e a chama que te queima hoje te transformará em algo novo amanhã. Mesmo com os obstáculos, mesmo com as tristezas, com as confusões, vai dar tudo certo.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Filosofia Para Corajosos

Como o próprio título já sugere, Filosofia Para Corajosos - Pense Com A Própria Cabeça é um livro um tanto polêmico, descarado e direto. O livro foi escrito por Luiz Felipe Pondé, filósofo, escritor e ensaísta, Pondé é doutor pela USP e fez pós-doutorado na Universidade de Tel Aviv, em Israel. É professor na FAAP e PUC - SP, colunista da Folha de S. Paulo e comentarista no Jornal da TV Cultura. Autor de doze livros, entre eles o conhecido Guia Politicamente Incorreto da Filosofia.

filosofia para corajosos - luiz felipe pondé


Com uma linguagem simples e atual, Pondé expõe o pensamento filosófico de maneira nua e crua. A obra é dividida em três partes: "Uma Filosofia Em Primeira Pessoa", "Grandes Tópicos da Filosofia ao Longo do Tempo" e "Por Que Acho o Mundo Contemporâneo Ridículo?". Na primeira parte do livro, Pondé conta um pouco sobre sua história, sobre por que se tornou filósofo. Na segunda parte, aborda temas que fazem parte da filosofia desde o seu surgimento, como religião e espiritualidade, a crença no sobrenatural e em Deus, a moral e ética, valores, questionamentos sobre a racionalidade do ser humano, política e democracia. Na terceira parte, Pondé fala sobre questões que fazem parte do mundo contemporâneo como o narcisismo e a luta pela igualdade social.
Pondé não escreve par agradar, escreve para abrir os olhos. Para leitores mais sensíveis, Pondé pode parecer um tanto indelicado, pois entra em pensamentos que muitos querem calar. A obra pode ser uma introdução à filosofia e despertar o interesse do leitor em outros filósofos, como também pode fornecer uma nova visão para quem é apaixonado por filosofia. 

Informações

Capa comum: 192 páginas
Editora: Planeta
Idioma: Português
Dimensões do produto: 20,8 x 13,6 x 2 cm
Avaliação: 4 estrelas
Preço médio: entre R$19,90 a R$36,90 na amazon.com.br

sábado, 14 de outubro de 2017

Parque da Água Branca

Um lugar para toda a família, com ambiente agradável, amplo e com diversas atrações é o Parque da Água Branca!

parque da agua branca


Situado na região oeste da cidade de São Paulo, o Parque Doutor Fernando Costa, conhecido por todos como Parque da Água Branca, existe desde 1929, com completa infra-estrutura para atender a todos os públicos. 

O parque conta com playground para as crianças e um parquinho, tem espaço de sobra para fazer caminhadas com a proteção das sombras das árvores, Praça do Idoso, com aparelhos de ginástica, aquário, feirinhas, trilhas e eventos gratuitos.

parque da agua branca


Conta também com um excelente espaço de leitura, composto por várias "mini" bibliotecas com livros para uso local de diversos temas com mesas e guarda-sol, além de feirinhas, trilhas e eventos gratuitos.

parque da agua branca - espaço de leitura


O parque é super arborizado e proporciona contato com a natureza em meio à diversidade da vegetação e aos animais soltos como galinhas, pavões e patos, e peixes e tartarugas em lagos artificiais. 

parque da agua branca


Dentre os quitutes para fazer um lanchinho ou um pic-nic, temos lanches, açaí, e podemos apreciar o sabor de infância dos deliciosos e nostálgicos sorvetes de frutas feitos na máquina.

sorvete de groselha no parque da agua branca


Seja para passear com a família, fazer uma caminhada, ler um livro, relaxar, fazer compras na feirinha, ver os animais, respirar um ar fresco ou mesmo tomar um sorvete, o parque da Água Branca é um dos meus lugares mais queridos em São Paulo! 

O Parque da Água Branca funciona todos os dias, das 6h às 22h, feriados das 9h às 17h, o aquário das 9h às 17, e às segundas-feiras das 13h às 17h. Para ter acesso ao aquário é cobrado o valor simbólico de R$2,00 e as demais atrações são gratuitas. A localização não tem erro: 5 minutinhos da estação de metrô Barra Funda!






quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Dropkick Murphys

Imagine uma mistura de hardcore e punk rock com muita influência irlandesa. O nome dessa receita infalível é Dropkick Murphys

Dropkick Murphys


Formado em 1996 em Quincy, Massachusetts, EUA, os caras do Dropkick Murphys tocava inicialmente na barbearia de um amigo, e logo as pessoas começaram a gostar do som deles. Formada atualmente por Ken Casey – vocal e baixo, Matt Kelly – bateria, bodhrán (instrumento musical de percussão de origem irlandesa) e vocal, Al Barr – vocal, James Lynch – guitarra e vocal, Tim Brennan – guitarra, bandolim, acordeão e vocal, Josh "Scruffy" Wallace – gaita de fole e Jeff DaRosa – violão, banjo, bouzouki (instrumento de corda característico da música popular grega), teclado, bandolim, apito, orgão e vocal. Nossa, que formação mais complicada! Ao todo a banda tem 12 álbuns gravados, entre álbuns de estúdio, ao vivo e coletâneas. Sua música "I'm Shipping Up to Boston" fez parte da trilha sonora do filme Os Infiltrados (ganhador do Oscar de melhor filme e melhor diretor em 2006).


Uma super boa notícia é que a banda vai se apresentar no Brasil, no Tropical Butantã no final deste mês! Dia 28 de outubro você pode conhecer de perto o som dos caras, e para garantir o seu ingresso é só acessar este link: http://www.clubedoingresso.com/dropkickmurphys-sp e enquanto o dia do show não chega, fica com a playlist com as melhores do Dropkick Murphys!



quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Alimentos Para Substituir a Batata-doce

Ela faz parte da dieta mais famosa dos atletas de musculação: a polêmica batata-doce. De alto valor energético e baixo teor de gordura, fornece carboidratos de baixo índice glicêmico, ou seja, são digeridos mais lentamente e desta forma, fornecem mais energia para os treinos e dificultam que o seu corpo use a massa muscular como fonte de energia, favorecendo assim o ganho de massa magra.  Mas além de ser saudável e muito boa para a prática de exercícios físicos é muito polêmica: quem não gosta de batata-doce, ODEIA! Se você, assim como eu, não consegue de forma alguma apreciar o sabor e textura da batata-doce, não se preocupe! Você pode substituí-la por outras fontes de carboidratos antes dos treinos. Vamos ver a seguir algumas opções fáceis para substituir a batata-doce.

Macarrão Integral


Macarrão integral


O macarrão integral é uma opção prática e de rápido preparo, pode ser consumido com legumes e fontes de proteína magra (filé de frango, atum, ovos, etc.). Por ser integral, é fonte de fibras, que aumentam a sensação de saciedade e fonte de carboidratos complexos, portanto, demoram mais tempo a serem absorvidos, provendo energia por mais tempo.

Mandioca


Excelente fonte de carboidrato e fibras, a mandioca, aipim ou macaxeira é um alimento de baixo índice glicêmico, semelhante à batata-doce, portanto sua absorção ocorre também de forma mais lenta, fornecendo energia por mais tempo. Pode ser consumida cozida ou assada com carnes magras e saladas.

Pão Integral


pão integral


O pão integral tem a mesma característica do macarrão integral, porém é um alimento mais prático, ideal para o consumo de lanches leves e você pode encontrar uma infinidade de opções saborosas e funcionais, com diversos ingredientes: com castanhas para fornecimento de gordura de boa qualidade, aveia para maior fornecimento de fibras, quinoa para mais proteínas, entre muitos outros que você pode escolher na hora da compra. 

Inhame


chips de inhame


Inhame é uma delícia, e pode ser consumido de diversas formas: em sucos, com carnes magras, saladas, sopas, purês, e até mesmo chips de inhame, e substitui perfeitamente outras fontes de carboidrato além da batata-doce.

Banana


banana com cereais matinais


Isso mesmo! Simples assim! A banana é uma opção rápida, que dá pra você levar para qualquer lugar, fonte de carboidratos, potássio, proteínas e sais minerais, pode ser consumida só, com cereais ou em vitaminas. Coma de uma a duas bananas antes do treino como fonte de carboidrato e uma banana depois para repor as perdas de potássio que ocorrem durante o exercício físico. 

Com essas opções você vai ter a mesma energia e desempenho durante os treinos sem abrir mão de alimentos saborosos e sem enjoar da tão conhecida batata-doce.




Dicas Para a Transição Capilar

Nós adoramos ver os nossos cachos reaparecendo depois de um longo período de químicas e alisamentos, mas passar pela transição capilar é mais complicado do que parece. Encarar o cabelo com duas texturas completamente diferentes pode ser um pesadelo e por isso muitas pessoas acabam desistindo na metade do processo. Quando vemos casos de meninas que conseguiram e ficaram com os cabelos maravilhosos, às vezes nos perguntamos como elas conseguiram. O começo da transição capilar é sempre o mais difícil, por isso, hoje vou dividir com vocês algumas coisinhas que eu faço e que estão me ajudando a aguentar firmemente por 10 meses sem escova progressiva ou chapinha. 

Modelo de cabelos cacheados-crespos-transição capilar


Mantenha o corte em dia


O corte de cabelo faz toda a diferença, INDEPENDENTEMENTE de qual é o seu tipo de cabelo, Um bom corte retira as pontas duplas e secas que dão aspecto ruim aos cabelos, proporciona leveza, modernidade, estilo e funcionalidade. Muitas meninas que estão em transição capilar optam por fazer o corte Big Chopp, que consiste em, após um determinado período de crescimento da raiz cortar todas as pontas lisas. É uma escolha um pouco radical se você não se sente bem com os cabelos muito curtos, então eu aconselho a cortar aos poucos, conforme o crescimento dos fios, a cada um ou dois meses, assim você elimina as pontas lisas sem sentir tanto no comprimento e fica mais fácil se acostumar.

Mantenha os fios hidratados


A hidratação é fundamental para ter cabelos saudáveis, e os cabelos cacheados e crespos necessitam de uma atenção maior. Por serem naturalmente mais finos, desidratam com facilidade, e a textura enrolada dificulta que a oleosidade natural do couro cabeludo chegue até as pontas. Se você não hidratar os cabelos com frequência e de forma adequada, é mais difícil alcançar a definição e os cabelos ficam com aspecto "espigado".

Faça um cronograma capilar


O cronograma capilar é uma "programação" para cuidar melhor dos cabelos. Ele consiste em organizar em dias os tipos de tratamentos que você vai fazer: hidratação, nutrição, umectação, reconstrução. Desta forma os fios ficam mais saudáveis, resistentes e tem um crescimento mais forte.

Use os produtos corretos


Não adianta muito optar por passar pela transição capilar e não usar os produtos adequados. É necessário investir em shampoos, condicionador, máscara, etc. para cabelos cacheados ou em transição capilar. Usando os produtos certos você vai estimular os cachos e fica muitíssimo mais fácil na hora de finalizar.

Aposte nas texturizações


Para diminuir a diferença entre as duas texturas do cabelo são usadas diferentes técnicas de texturização. Aposte em bobes, baby liss, dedo liss (que é uma técnica simples de enrolar os cabelos com os dedos para finalizar). No começo pode dar um pouquinho de trabalho, mas vai te ajudar muuuuito a não desistir.

Use finalizadores


O uso de finalizadores é indispensável para quem está em transição capilar. Cremes para pentear, ativador de cachos, mousse modelador, pomada modeladora, todos são nossos aliados para finalizar e fazer penteados super legais que vão facilitar o processo de transição. Seguindo todas as dicas, que são super fáceis, fica muito mais fácil lidar com as duas texturas.

Gostou das dicas? E você, tem alguma dica para compartilhar? Deixe sua opinião e dicas nos comentários!

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Dicas Para Aumentar Sua Autoestima

Existem fases na vida em que tudo parece dar errado e nos sentimos cada vez mais para baixo. Principalmente quando jovens, estamos começando a vida e os erros parecem pesar mais do que os acertos. Muitas vezes podemos nos sentir cansados e sem motivação, e isso afeta diretamente a nossa autoestima. Se permitirmos que isso aconteça podemos perder muitas coisas boas e deixar de ver as vantagens que nos cercam, a verdadeira beleza nas coisas. Mas nós podemos fazer por nós mesmos, e tomar pequenas atitudes que farão a diferença para nos sentirmos melhor. É hora de dar um "UP" na autoestima!

Ajude ao próximo


Dando as mãos


Ajude alguma ONG que você conhece, ajude a uma pessoa próxima que passa por dificuldades, ajude alguém em situação de rua, ajude aos animais. Se você não tem tempo para ajudar presencialmente, faça uma doação mensal ou quando puder, em dinheiro para uma ONG, doe ração ou produtos de limpeza para ajudar aos protetores de animais, doe roupas usadas (em bom estado) a um asilo, um orfanato. Se não tem condição de doar, ajude com trabalho voluntário. Quando ajudamos a quem precisa nos sentimos mais felizes e satisfeitos conosco. Mas uma grande dica: ajude de coração! E quem ajuda de coração não sai falando para os outros como se isso fosse um grande feito, porque sabe que não é necessário aprovação das pessoas e que é desagradável, muitas vezes, ajudar a alguém e expor a situação dessa pessoa.

Elogie as pessoas


Faça elogios SINCEROS às pessoas que você admira, faça com que elas se sintam valorizadas e reconhecidas por seus valores. Dessa forma, com o passar do tempo, elas também se sentirão confortáveis para ressaltar o que há de melhor em você.

Pratique atividades físicas



Luvas de boxe amarelas


É de conhecimento universal hoje em dia que as atividades físicas liberam a endorfina, substância produzida pelo cérebro que dá a sensação de bem estar, ajuda a combater o estresse e até mesmo alguns tipos de dores. Além de a prática de atividades físicas ter este efeito sobre o corpo, quando nos exercitamos estamos cuidando de nossa saúde e consequentemente, de nossa estética. Portanto, passamos a nos sentir melhor com nosso corpo e então mais confiantes.

Tenha um hobby


Mulher praticando ioga


É muito importante ter um hobby, fazer algo que gosta. Enfrentamos trânsito e transporte público sem estrutura todos os dias para trabalhar, muitas vezes trabalhamos em empregos que não nos satisfazem em vários aspectos, temos obrigações a cumprir, horários, prazos... Isso tudo, com o tempo, pesa sobre nossos ombros e nos faz sentir vivendo da forma errada. Então é justo e merecido tirarmos um tempo para nós. Faça algo que você gosta! Descubra um hobby que lhe dê prazer! Leia muitos livros ou pratique ioga, faça crochê, artesanato, cozinhe, aprenda a tocar algum instrumento musical, escreva, fotografe... Faça algo que você gosta somente porque você GOSTA!

Invista na sua imagem


Espelho e escova de cabelos


Mude o cabelo, faça a tatuagem que você sempre quis, vista-se de forma a se sentir confortável com a sua personalidade, cuide-se. Quando estamos bem em nosso interior isso é refletido na nossa "embalagem", mas cuidar-se por fora também nos traz mais confiança, é inegável. 

Desapegue-se


Use aquele dia de folga para dar uma geral no seu quarto: jogue fora papéis e coisas que não tem nenhuma serventia, separe roupas e calçados que não servem mais para doar, devolva itens que pegou emprestado. Você vai se sentir melhor no seu lugar de paz. Agora, faça isso na vida: jogue fora sentimentos que não fazem bem, esqueça o passado e tente perdoar a quem te fez mal e principalmente, perdoe a si mesmo. Nós também erramos, mas não podemos voltar atrás, podemos aprender com os erros e nos perdoar. A melhor forma de praticar o desapego!

Organize-se


Já desapegou de todas as coisas desnecessárias? Então organize seu quarto, sua casa. Mude os móveis de lugar, coloque um quadro novo, organize sua agenda, seus itens, deixe tudo mais fácil para usar. Isso dá mais disposição e disciplina para fazer as coisas que várias vezes deixamos acumular, e com tudo em ordem, você se sente mais tranquilo.

Reconheça seus valores


Quais são as qualidades que as pessoas mais ressaltam em você? Quais são os valores de que você se orgulha? Se for preciso faça uma lista das suas qualidades e lembre-se de quantas vezes você acertou, quantas vezes conquistou algo importante e quantas vezes fez bem a alguém.

Aceite suas imperfeições


Se você não aceita as suas imperfeições, você sofre duas vezes: cobrando de si mesmo para mudar a sua essência, rejeitando seus erros ao invés de aprender com eles e se esforçar para não fazer novamente. Sofre também, porque quem não é capaz de lidar com seus próprios defeitos JAMAIS aceitará as pessoas como elas são, jamais saberá lidar com as imperfeições do próximo, fazendo com que a convivência seja cada vez mais difícil, e você, cada vez mais sozinho. Então aceite que você não é perfeito, ninguém é perfeito, pois assim é mais fácil lidar com você mesmo e consequentemente com o próximo.

Cultive suas amizades


amigas dando as mãos


Os amigos são um bem muito valioso que a vida nos dá. Você pode até estar triste e desanimado, mas com os bons amigos por perto qualquer tristeza vai embora. Com eles você pode conversar sobre qualquer assunto, dizer besteiras sem ser "julgado", fazer loucuras e depois de dez, vinte anos, lembrar de tudo com imensa alegria, contando histórias malucas repetidamente a cada encontro. O poder de uma amizade verdadeira é divino!

Gostou das dicas? Então compartilha! Tem algo a mais que você faz pela sua autoestima e quer compartilhar com as pessoas? Conta pra gente nos comentários! São atitudes simples que fazem a diferença para nossos dias serem melhores!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Quando Nietzsche Chorou

Quando Nietzsche Chorou é mais um romance excelente de Irvin D. Yalom, um dos escritores mais conhecidos e respeitados da psicoterapia. Este é o livro que faz qualquer leitor se apaixonar por Yalom. Despertando o interesse do leitor em imediato, o romance é construído com personagens reais, tendo como protagonistas o grande filósofo alemão Friedrich Nietzsche (☆1844 - 1900♱) e o médico e fisiologista austríaco Josef Breuer (☆1842 - 1925♱), um grande contribuinte para as bases da psicanálise. 

Livro Quando Nietzsche Chorou


Josef é médico, aos 40 anos de idade começa a sentir-se estagnado com a vida que leva. Bem sucedido, casado com uma das mulheres mais bonitas de Viena, pai de cinco filhos, Josef percebe que a vida que ele gostaria de ter não é exatamente a vida que vive: porém, não sabe ao certo onde gostaria de estar. Em um dia comum, Lou Salome, uma jovem atraente e poderosa o procura em busca de ajuda para um amigo que sofre de dores insuportáveis e que perduram por dias. Porém, as dores de seu amigo não são o motivo principal de sua busca: ele é obcecado por Lou Salome após um caso romântico mal sucedido. Este amigo é Friedrich Nietzsche. Logo após ter conhecimento do caso de Nietzsche, Breuer hesita em tratá-lo, pois a própria Lou Salome enfatiza que o filósofo não busca ajuda e dificilmente aceita que o ajudem. Porém, a jovem que é incrivelmente sedutora e persuasiva o convence a aceitar o desafio. Com muito esforço Josef consegue se aproximar de Nietzsche, sob o pretexto de que precisa da ajuda de Nietzsche para curar as dores de sua "existência" e ninguém melhor que um filósofo respeitado para ajudá-lo. O que para Breuer inicialmente era uma estratégia para conhecer o filósofo profundamente e trabalhar com a sua obsessão, com o tempo passa a ser mais que uma terapia. Embora Nietzsche seja muito reservado com relação aos sentimentos e não fale de si próprio, os dois começam a se aproximar verdadeiramente. Breuer se envolve em uma relação de auto-conhecimento e em cada sessão com o filósofo se sente mais ligado a ele. Porém, por mais ligados que estejam, Nietzsche é duro consigo mesmo e arisco quando se trata de revelar-se. 
Com um diálogo leve e envolvente, Quando Nietzsche Chorou é um livro pra ser devorado. Yalom é um escritor que consegue cativar seus fãs por construir romances fluídos, vivos, e ricos em auto-conhecimento, pois aprendemos muito com os seus personagens, nos leva a enxergar a nós mesmos de forma mais profunda, e quando conseguimos nos entender melhor, conseguimos entender ao próximo melhor. Qualquer obra do autor é uma porta de entrada para se tornar fã do tema de psicologia. 

Informações:

Capa comum: 376 páginas
Editora: HarperCollins Brasil
Idioma: Português
Dimensões do produto: 22,8 x 15,2 x 2,2 cm
Avaliação: 5 estrelas
Preço médio: entre R$25,00 a R$40,00 na amazon.com.br

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Ter Vinte e Poucos Anos É Ser Livre

Existem momentos na vida em que tudo parece estar fora de controle. E olha, quando nos tornamos adultos, jovens adultos, não é fácil,  a vida começa a bater com força como que para testar os nossos limites. Aos vinte e poucos anos tudo parece cair sobre nossas costas: os erros, os objetivos, as crises existenciais, as ambições, as decepções, os paradigmas. Nesta fase parece que não nos encaixamos em nenhum lugar, nem em nós mesmos. E mesmo assim, continuamos remando contra a nossa própria maré. Mas para viver é preciso ser livre.

Mulher jovem livre.


Nos cobramos incessantemente: "preciso ter um carro, preciso ter casa própria, preciso me casar, preciso ter uma família com um golden retriever e um casal de filhos para nos sentarmos à mesa e reproduzirmos o comercial de margarina". Nossos amigos de escola estão se casando, tendo filhos, viajando, e nós percebemos o tempo passar como se fosse o senhor de nossas vidas. Muitas vezes trabalhamos em empregos dos quais não gostamos em troca de um salário que nos satisfaz momentaneamente, porque se formos colocar em uma lista todas as coisas que temos vontade de fazer e comprar, dificilmente um salário será suficiente. Aos vinte e poucos planejamos nossas vidas, definimos nossas metas, buscamos nossos objetivos. E muita coisa dá errado. Mas será que era pra ser? Ou será que o que acreditamos ser nossos objetivos, não são os objetivos que as outras pessoas tem para nós? Pergunte a si mesmo: você se sente livre? Você está seguindo o SEU caminho?
Ser livre é muito mais do que fazer o que quiser ou trabalhar com o que gosta. É mais do que poder viajar a qualquer momento, é mais do que se relacionar com várias pessoas sem assumir um compromisso. A liberdade é algo que deve existir primeiramente, dentro de você. Se você não se sente aprisionado, obrigado a algo, então você está sendo livre. Mas ser livre é também saber desapegar. Algumas pessoas "desistem" facilmente das coisas e logo traçam outros objetivos, e são julgadas como fracas ou irresponsáveis, mas muitas vezes essas pessoas somente resolveram deixar para trás algo que não valia a pena. Muitas vezes lutamos e nos decepcionamos por algo que não era pra ser nosso. Por pessoas que não eram pra estar conosco. Por uma realidade que não é a nossa. Nesses casos, desapegar faz bem. Você passa a entender que a vida oferece um milhão de possibilidades além aquela, que vem te prendendo há tempos e que consome o seu tempo e tranquilidade. Na vida é preciso saber desapegar-se das coisas que não nos fazem bem. É claro que temos que lutar por nossos sonhos, mas é preciso saber também avaliar se o troféu compensa a dor da luta. Nessa fase em que estamos começando a viver pelos nossos próprios passos muita coisa pode ser mal compreendida e muita luta pode ser em vão. Nessa fase ainda podemos errar e assim aprendermos, então precisamos nos arriscar a sair do óbvio para sabermos qual é o nosso caminho. Permita-se errar, correr riscos, permita-se ser diferente dos demais, ser diferente das expectativas. Atenda às suas expectativas. E quando parecer impossível, dê um tempo a si mesmo. Nós nos cobramos mais do que qualquer outra pessoa possa nos cobrar e muitas vezes precisamos de tempo para retomar o fôlego, redefinir os objetivos e metas e recomeçar. Permita-se recomeçar. Buscar um novo caminho pode ser a coisa certa a fazer, e mesmo que este não seja o caminho certo, os erros nos ensinarão como fazer. E entenda que muitas vezes o "desistir" pode dar lugar à sua segunda chance de tentar algo novo e que vai te fazer mais feliz.