O Que É Ansiedade?

É inacreditável pensarmos que existe ainda um certo tabu quanto a este tema, mas como a bad girl aqui não tem medo de dizer o que pensa, vou expor a verdade pelo lado que mais entende do assunto: o lado de quem já sentiu na pele.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) 33% da população mundial sofre de ansiedade. Apesar de ser um número alto, ainda há muito o que se falar sobre ansiedade, e por mais que o "mal do século" tenha muitas matérias, publicações, artigos, vídeos explicando como é, quais os sintomas, qual é o tratamento mais adequado, falta sensibilidade por parte das pessoas que não conhecem o problema. Compreensão é algo que alguém que sofre desse mal não espera, já que para isso é preciso sentir-se da mesma forma. Mas respeito nunca é demais. Eu não quero falar sobre o que é ansiedade, mas sim dividir um pouco com as pessoas como é viver com isso e quem sabe ajudar a alguém a ser menos impaciente, menos jocoso. A ansiedade é um problema sério e que precisa de tratamento e tão importante quanto o tratamento é o respeito e a empatia, e de qualquer, forma nunca sabemos como será o nosso amanhã, não é mesmo?

O Que É Ansiedade?


Ninguém tem a vida perfeita e ninguém é igual a ninguém, cada pessoa reage de uma forma aos acontecimentos, e o que mais pode aborrecer a alguém que sofre de ansiedade é a falta de respeito e tato das pessoas que o cercam. A pessoa que sofre de ansiedade dificilmente conta para alguém, ou conta somente para alguém que é maduro o bastante para não fazer piadas sobre o assunto, - acredite, não tem a menor graça - ou dizer que é besteira, bobagem, frescura. Sofrer de transtorno de ansiedade é muito mais do que esperar ansiosamente por algo, é viver com medo, viver apreensivo, é estar sempre preocupado. Ao mínimo sinal de que algo pode dar errado uma onda de pensamentos pessimistas tomam conta do dia, dos afazeres, da distração, do sono. É acreditar que se há a possibilidade de dar errado, com certeza vai dar errado. É deitar na cama e não conseguir dormir direito por mais cansado que você esteja. É sofrer por antecipação aos fatos. É se isolar.

Uma crise de ansiedade pode durar minutos, horas ou dias. Enquanto a crise trabalha discretamente o corpo reage, pede socorro. Dor de estômago, dor de cabeça, dor no peito, falta de ar, dor de barriga, tontura, cansaço exagerado. É o corpo pedindo ajuda. É o sinal de que não é possível viver com isso, de que é preciso ajuda. E o mais incrível nessa história toda é que para uma crise dessa não precisa muito - para quem sofre de Transtorno de Ansiedade Generalizado (TAG) muitas vezes não precisa de nada, ela só vem. Acaba com os nossos planos. Destrói o nosso bom-humor. Consome a nossa saúde. Confunde nossa sanidade mental. Esmaga nossos sonhos. O medo pode ser maior que qualquer vontade de viver. O medo pode ser maior que tudo, e essa é a parte mais triste. É totalmente desconfortável permanecer em ambientes barulhentos. Gritos, nem pensar. E muitas vezes o "antissocial" passa mal e tem vontade de sair correndo de ambientes cheios, porque a remota possibilidade de todas aquelas pessoas lhe desviarem os olhares causa pânico. Nenhum lugar é seguro o bastante, confortável o bastante, descontraído o bastante. O isolamento é resultado de pensar que ninguém pode compreender o que se passa. Sair de casa para algumas horas de diversão pode ficar para outro dia. Outro momento. talvez quando tudo isso passar. A única paz muitas vezes se encontra na solidão.

O Que Pode Causar Ansiedade?


O que pode causar um TAG? Depende de cada caso, são muitos fatores, pode ser por um trauma ou por uma situação ruim que se estende por muito tempo, pode ser que tenha suas raízes na infância, pode ser causado por um longo período de intenso estresse. A única pessoa capaz de responder a isso é o profissional que vai ajudar a resolver esse problema. Leva tempo, é preciso paciência, de quem sofre de ansiedade e das pessoas próximas. É preciso saber que ninguém é culpado. Ninguém escolheu sofrer. É preciso ter consciência de que não podemos julgar a ninguém. São somos melhores para isso, somos apenas diferentes. Se você sofre com ansiedade, não deve ter vergonha de procurar ajuda, entenda que você não merece conviver com isso sozinho. E para você que ama alguém que tem TAG, esteja do lado dessa pessoa, muitas vezes só o que ela precisa é que você demonstre que se importa e lhe dê um abraço apertado. Espero sinceramente e de coração aberto que estas palavras possam ajudar, mas se você se identifica com os sintomas, com a angústia, novamente eu recomendo: procure ajuda profissional. Beijos no coração :* <3

Comentários