A Guerra Das Salamandras

A Guerra das Salamandras é um dos livros mais divertidos que já li! Trata-se de um romance-ficção, aventura e clássico de autoria de Karel Capek, escrito em 1936.

A Guerra Das Salamandras


Sobre A Guerra Das Salamandras


A história começa quando o capitão do barco Kandong Bandoeng, J. Van Toch descobre uma ilha chamada Devil Bay. Os nativos desta ilha tem medo de uma espécie de salamandra desconhecida, da qual chamam de "diabos". Estas salamandras traziam consigo ostras, que eram o seu alimento preferido, porém não conseguiam abri-las, devido ao fato de suas patas serem muito pequenas. Em troca de abrirem suas ostras, as salamandras oferecem pérolas ao capitão, e com o passar dos dias, J. Van Toch percebe que estes animais possuem inteligência excepcional, e incrivelmente sabem falar. Decide usar dessa inteligência como uma nova força de trabalho, explorando-as, e em troca oferece ferramentas para o trabalho e proteção contra predadores. As salamandras são transportadas para outros continentes, e algumas são expostas como atração em circos. Tudo parece estar sob controle, até que cada vez mais as salamandras desenvolvem sua inteligência e passam a ser mais exigentes. Os animais aprendem a negociar e fundam o seu próprio sindicato, sob o comando da salamandra Andrias Scheuchzeri. Surpreendentemente, as salamandras passam a ser cruéis e poderosas, e voltam-se contra a raça humana.


Minha Opinião Sobre A Guerra Das Salamandras


A história é bem construída em 334 páginas e 3 partes: PRIMEIRO LIVRO: ANDRIAS SCHEUCHZERI, SEGUNDO LIVRO: O PROGRESSO DA CIVILIZAÇÃO e TERCEIRO LIVRO: A GUERRA DAS SALAMANDRAS. Além de ser uma leitura empolgante e envolvente, é uma crítica à situação política européia na década de 1930, à guerra pelo poder e à ganância humana. Quando você menos esperar, já terminou o livro! Super recomendo! 

Comentários