O Garoto No Convés

Todo mundo já leu O Menino Do Pijama Listrado, e/ou já assistiu o filme, ou pelo menos já ouviu falar. Eu li o livro e depois de um bom tempo assisti o filme, e confesso que o filme me comoveu mais. Fiquei curiosa para conhecer outras obras do autor John Boyne, e o segundo livro dele que eu li foi O Garoto No Convés. Amei!

O Garoto No Convés livro

Sobre O Garoto No Convés


Este livro se trata de uma aventura, e o autor se baseia em fatos históricos para a construção da obra. O garoto é John Jacob Turnstile, pobre e órfão, vive em um orfanato onde é explorado por seu tutor, sendo obrigado a roubar e sofria até abusos sexuais. A sua vida muda quando ele faz o influente capitão Bligh uma de suas vítimas de roubo. O capitão, vendo o garoto na cadeia, sente uma certa comoção, e usa de seu prestígio para tirar John de trás das grades e em troca ele terá de trabalhar em sua missão ao Taiti, no navio HMS Bounty da marinha inglesa em busca de fruta-pão. John é libertado, e na primeira oportunidade tenta fugir, sem sucesso. A bordo do navio ele fica em dúvida se teria sido melhor ficar preso, pois o trabalho é árduo e o tratamento que ele tem por parte dos outros navegantes não é dos melhores. Porém, ele e o capitão desenvolvem uma relação de lealdade e confiança, o que inclusive incomoda a outros homens. Durante a viagem conhece ilhas paradisíacas, onde o alimento é farto, o clima é agradável, e tem seu primeiro contato com uma mulher. Tudo parece bem, até que em abril de 1789 a história se torna cenário para um motim, organizado pelo tenente Christian Fletcher, que expulsa o comandante Bligh do navio e assume o comando, por não querer sair da ilha em que estão em descanso e voltar à dura vida no mar. Os homens fiéis ao capitão, inclusive John embarcam em um bote salva-vidas de volta para a Inglaterra, e nessas condições parece impossível sobreviver.

Minha Opinião Sobre O Garoto No Convés


A leitura é empolgante, sempre fazendo o leitor se perguntar o que virá em seguida, rica de detalhes e faz com que você se sinta visualizando as cenas narradas. É o tipo de livro que você pega e enquanto não acaba, não quer fazer outras coisas. Muito diferente de O Menino Do Pijama Listrado, é como uma montanha russa, a leitura não dá tempo para você se "acalmar" entre uma aventura e outra. Vale a pena conhecer essa e outras obras do autor, que são mais empolgantes e bem estruturadas do que sua obra mais conhecida. Depois que você ler, comente aqui, tenho certeza de que você vai gostar! :)

Comentários